Fiocruz Fale com a Fiocruz Fundação Oswaldo Cruz

CMN • Coleção de Mosquitos Neotropicais

Histórico

A Coleção de Mosquitos Neotropicais, CMN, teve início em 17 de janeiro de 1933, como a Coleção do Laboratório do Serviço de Estudos e Pesquisas sobre a Febre Amarela, do Serviço Nacional de Febre Amarela do Ministério da Educação e Saúde Pública (SFA), vinculada ao Instituto de Malariologia, na cidade de Duque de Caxias. Com a extinção do Instituto de Malariologia em 1954, a coleção de culicídeos foi transferida, em 1955, para o recém-inaugurado Instituto de Pesquisas de Belo Horizonte, atual Instituto René Rachou. Em 29 de agosto de 2013 a Coleção de Culicídeos do Instituto René Rachou foi reconhecida institucionalmente como a 30a coleção da Fiocruz, com o nome de Coleção de Mosquitos Neotropicais.

© 2022 Coleção de Mosquitos Neotropicais, Instituto René Rachou, Fundação Oswaldo Cruz